Login form protected by Login LockDown.


ANÁLISE: CD Crer para Ver – André Valadão


Warning: A non-numeric value encountered in /home/casagospel.com/www/wordpress/wp-content/themes/15zine/library/core.php on line 4164

O álbum Crer para Ver de André Valadão, foi gravado ao vivo em setembro de 2015, em Cabo de Santo Agostinho (PE) com um público estimado em pouco mais de 50 mil pessoas. O projeto aconteceu pouco antes de o cantor renovar seu contrato com a Som Livre, contrato este que está em vigor até o momento em que esta análise foi publicada.

A produção musical de André Lafaete traz o cantor completamente voltado para o pop, nas 14 faixas distribuídas do projeto, dentre elas um espontâneo. Os anos vão passando e a fórmula do cantor continua a mesma, deixando o seu projeto acessível para a massa, suas músicas ficando cada vez mais interessantes para a execução em seus shows, do que de fato serem utilizadas no repertório de música das igrejas. Nem tudo que é feito para o mercado cristão, precisa necessariamente ser feito para ser executado na igreja, este sim pode ser um projeto para eventos na rua, querendo chamar a atenção de um ‘novo público’, mas o que fica claro é que esse público é um público que curte ir a shows e nada mais, o que pode soar ao ouvinte uma contradição, porque André, apesar de fazer muitos shows, é pastor de uma das maiores Igrejas do Brasil – Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte –  que ditou por anos o repertório das Igrejas.

O repertório deste trabalho conta com canções inéditas, e começamos pelas agitadas Eu DançoSalmo 34Vou me lembrar do quê?Romanos 8:31, com participação de Lukão Carvalho, que tem acompanhado o cantor em alguns eventos. Na música de abertura Eu danço, o produtor tentou dar ares mais contemporâneos, com uma introdução eletrônica e a sensação que temos é que ouviremos algo realmente novo na discografia do cantor, mas, é só os metais aparecerem pra entendermos que apesar de alguns elementos novos, a mesma sonoridade de sempre está de volta. Todas essas músicas são composições do próprio André Valadão que teve a colaboração de Jacques Anderson, Fabriciou Hernane e Moisés Nazaré na Vou me lembrar do que? que apesar de ser a mais interessante musicalmente entre as faixais iniciais, tem uma letra onde possui uma junção de vários clichês.

Seguindo para as baladas o cantor apresenta a faixa título Crer para ver, faixa que teve a missão de carregar o projeto. Apesar de todo o apelo em massificar a música que é tão insossa, nem o seu próprio público que participa de suas reuniões na Lagoinha/ MG pegou. Mais de Ti, é um dueto com sua irmã Mariana Valadão, tinha todos os elementos para cair no gosto e na boca das Igrejas, mas faltou um capricho na finalização da composição em si e na concepção musical também. Da leva das baladas, Maravilhosa Graça é a música mais interessante. A estrutura melódica, letra e produção parece ser a mais inspirada de todo o disco.

Desde o álbum FortalezaAndré tem se subterfugido em versões norte-americanas para dar upgrade em seu cansado repertório, o que não foi diferente nesse álbum. Tentando seguir o êxito da versão Forever Yours da Gateway, o cantor escolheu as canções Muralhas (Walls)Encontrei-me em Ti (Found in You) e Mais de Ti (More of You) para o repertório. Apesar de serem escolhas interessantes, e da sempre boa versão da sua irmã Ana Paula Valadão, a produção musical das canções ficaram sem brilho. Vale ressaltar que a canção Encontrei-me em Ti (Found in You) recebeu uma nova letra para a gravação do projeto Walls em Português, disco ainda a ser lançado.

As regravações Eu e Minha Casa (presente em seu CD de estreia Mais que Abundante) e Abraça-me em versão instrumental dão a sensação de que faltou música pro repertório. Nada contra as regravações, desde que elas apresentem ao ouvinte uma versão superior da canção ou, ao menos, uma versão alternativa, o que não foi o caso.

Ao fim da audição vemos mais uma vez André Valadão vendendo algo que ele não cumpre. Se Fortaleza decepcionou os ouvintes e não gerou grandes singles, apesar de toda a parte visual ser incrivelmente bela, em Crer para Ver, apesar de todo o anúncio do frescor, é um mais do mesmo. A sensação ao ouvir o disco, é de estarmos diante de um grande rascunho. Não que o cantor seja um ‘compositor ruim’, mas a sensação que temos é que as músicas estão inacabadas. O cantor precisa urgentemente encontrar parceiros que vão reforçar as suas composições. Se não for assim, a sugestão é que o cantor opte por ser apenas intérprete e que busque novos parceiros musicais. A mudança no repertório é necessariamente urgente!

Ouça um trecho de cada faixa deste álbum no preview liberado pela Som Livre em seu canal oficial. Um adendo, esse nome que a Som Livre colocou para soar diferente, usar o termo ‘degustação’, não ficou nada legal. Preview do CD soaria melhor.


Selo: Som Livre
COMPRAR CD Digital | CD Físico

Playlist: Eu danço | Salmo 34 | Vou me lembrar do quê? | Romanos 8:31 | Muralhas | Espontâneo Muralhas | Crer para ver | Amor ardente | Abraça-me | Maravilhosa Graça | Mais de Ti | Eu e minha casa | Encontrei-me em Ti | É pra lá que eu vou

CD Crer para Ver – André Valadão
5NOTA