Login form protected by Login LockDown.


O segundo álbum de Michelle Nascimento pela MK Music dizem que é um novo marco, um novo tempo, mas acredito que está mais pra um CD maduro e expressa aquilo que a cantora está vivendo no momento e quer repassar ao seu público. A mensagem central expressa no projeto não é pra qualquer um, tem que ter intimidade com Deus pra falar sobre batalha espiritual, sobre profetizar. É um álbum temático, a cantora já fez um álbum na mesma linha, explorando um tema central e dentro do tema inserindo canções que envolvam a temática.

É certo que após sua entrada na MK Music, sua carreira deu um salto sem precedentes, a Line Records teve a ideia de lançar a cantora no mercado, na época fez um bom barulho que a ajudou a dar um impulso em sua carreira, porém é na nova casa que realmente ela está ganhando o mercado cristão com seu som pop pentecostal. A capa é toda conceitual como podem ver a seguir: “A bandeira vermelha simboliza o Estandarte da Verdade, temos que pregar o evangelho genuíno, somos soldados de Deus; a bandeira vermelha simboliza o Sangue de Cristo, que nos purifica de todo o pecado. A bandeira vermelha também significa guerra declarada e eu estou me levantando para obedecer a voz de Deus nessa terra. No fundo, a cidade destruída significa a vida espiritual de muitas pessoas fora e dentro das igrejas. Ao fundo, o sol da justiça raiando, e vocês vão entender a mensagem do CD quando estiverem com ele nas mãos, desde o encarte ao conteúdo. Eu fiz tudo que Deus mandou, fui inspirada pelo Espírito Santo de Deus e na minha vida quem governa é Ele. Fui obediente a Sua voz. Que o nome do Senhor seja glorificado”, comenta a cantora.

O projeto abre com Michelle Nascimento descrevendo como funciona uma parte da guerra nos tempos bíblicos, a intro com um arranjo orquestrado, produção de seu pai Tuca Nascimento, que recentemente assinou com a MK Music também. A faixa pós abertura, Batalha contra o mal composta por Renato César e Flavio Cris, acreditei que seria a faixa single do projeto, a melodia é bem temática tem a ver com a intro, é pentecostal, mas tem aquele ar de batalha, de marcha, de guerra. O coro é bem fácil de se assimilar. O violino na intro, depois só o acompanhamento e piano pra dar um ar de abertura, bem colocado. O versículo que se encontra em Deuteronômio 27:7 foi usado como base para a composição: O Senhor entregará, feridos diante de ti, os teus inimigos, que se levantarem contra ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão da tua presença.

E realmente o single do projeto ficou com a terceira faixa Seja Livre, das compositoras Gislaine e Mylena, que tem se firmado como uma das principais compositoras de música pop pentecostal ao lado de Anderson Freire e Moisés Cleyton. É uma das faixas pop pentecostal mais “chiclete” que eu já ouvi em todo o tempo que estou com o site no ar e analisando CDs. A produção ficou muito bem trabalhada na mão de Tuca, a interpretação de Michelle também ficou excepcional, o back, as batidas tudo no lugar certo. Abaixo assista o clipe desta faixa.

É um projeto bem pensado com canções objetivas, a linha musical de Adorador de Verdade, faixa 4 e de Moisés Cleyton, lembra um pouco Rose Nascimento, já que o timbre da cantora lembra bem o de sua tia. Os arranjos musicais vem com sax, mais no chão e menos agitada com informações precisas. Excelente faixa pra cantar solo na igreja. É uma das faixas que mais mexeu comigo em questão de melodia e letra. Outro destaque e vem na mesma linha da anterior, no estilo pentecostal interpretação, a faixa 6 Clame e ainda contou com a participação de William Nascimento, a composição é de Renato César e Flavio Cris. A faixa Ungida pra Vencer encerra os destaques do projeto. Esta é uma composição de Marquinhos Mascimento, o círculo oração gostará certamente desta faixa número 9. O backing vocal vem com peso, abusa do uníssono, parece que estamos em uma sala, onde todos estão reunidos tocando ao vivo. Michelle seguiu a ideia que algumas cantoras fizeram no ano de 2012 e 2013 inserindo faixas para as mulheres e falando delas, assim como Vanilda Bordieri, Rozeane Ribeiro e Rose Nascimento.

Foi um ano com poucos destaques de CDs pentecostais de excelente qualidade. Este da Michele até mereceu um destaque porque as primeiras faixas do projeto chamam a atenção. Só que infelizmente boa parte do projeto ficou abaixo da expectativa. Mas olhando de uma maneira geral, os repertórios de grandes nomes que lançaram projetos no mesmo ano que este, 2013, escorregaram bem mais que a Michelle, que inclusive em uma matéria do portal classificamos este CD de Michelle como um dos melhores de 2013. Ouçam o preview do projeto.


michellenascimento_batalhaSelo: MK Music
COMPRAR CD

Playlist: Canto de Sião | 1000 graus | Poderoso nas Batalhas | Dom da fé | Consolador | Eu vou viver milagres | Meu Deus pode | Restitui | Palavra Apóstolo Estevam | Cria em mim | Jesus, o plano perfeito | Santo é o Cordeiro

O segundo álbum de Michelle Nascimento pela MK Music dizem que é um novo marco, um novo tempo, mas acredito que está mais pra um CD maduro e expressa aquilo que a cantora está vivendo no momento e quer repassar ao seu público. A mensagem central expressa no projeto não é pra qualquer um, tem que ter intimidade com Deus pra falar sobre batalha espiritual, sobre profetizar. É um álbum temático, a cantora já fez um álbum na mesma linha, explorando um tema central e dentro do tema inserindo canções que envolvam a temática. É certo que após sua entrada na MK Music, sua carreira deu um salto sem precedentes, a Line Records teve a ideia de lançar a cantora no mercado, na época fez um bom barulho que a ajudou a dar um impulso em sua carreira, porém é na nova casa que realmente ela está ganhando o mercado cristão com seu som pop pentecostal. A capa é toda conceitual como podem ver a seguir: "A bandeira vermelha simboliza o Estandarte da Verdade, temos que pregar o evangelho genuíno, somos soldados de Deus; a bandeira vermelha simboliza o Sangue de Cristo, que nos purifica de todo o pecado. A bandeira vermelha também significa guerra declarada e eu estou me levantando para obedecer a voz de Deus nessa terra. No fundo, a cidade destruída significa a vida espiritual de muitas pessoas fora e dentro das igrejas. Ao fundo, o sol da justiça raiando, e vocês vão entender a mensagem do CD quando estiverem com ele nas mãos, desde o encarte ao conteúdo. Eu fiz tudo que Deus mandou, fui inspirada pelo Espírito Santo de Deus e na minha vida quem governa é Ele. Fui obediente a Sua voz. Que o nome do Senhor seja glorificado", comenta a cantora. O projeto abre com Michelle Nascimento descrevendo como funciona uma parte da guerra nos tempos bíblicos, a intro com um arranjo orquestrado, produção de seu pai Tuca Nascimento, que recentemente assinou com a MK Music também. A faixa pós abertura, Batalha contra o mal composta por Renato César e Flavio Cris, acreditei que seria a faixa single do projeto, a melodia é bem temática tem a ver com a intro, é pentecostal, mas tem aquele ar de batalha, de marcha, de guerra. O coro é bem fácil de se assimilar. O violino na intro, depois só o acompanhamento e piano pra dar um ar de abertura, bem colocado. O versículo que se encontra em Deuteronômio 27:7 foi usado como base para a composição: O Senhor entregará, feridos diante de ti, os teus inimigos, que se levantarem contra ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão da tua presença. E realmente o single do projeto ficou com a terceira faixa Seja Livre, das compositoras Gislaine e Mylena, que tem se firmado como uma das principais compositoras de música pop pentecostal ao lado de Anderson Freire e Moisés Cleyton. É uma das faixas pop pentecostal mais "chiclete" que eu já…

CD Batalha contra o mal - Michelle Nascimento

Total - 7

7

Geral

User Rating: Be the first one !
7