Login form protected by Login LockDown.


ANÁLISE: CD Romper meus Limites – Gislaine e Mylena

Gislaine e Mylena são conhecidas não só como dupla de cantoras, mas principalmente pelas inúmeras composições que se tornam sucesso na voz de vários intérpretes em todo o território nacional e internacional, sim internacional, alguns cantores brasileiros que residem em outros países já tiveram o privilégio de ter uma composição desta dupla que tem se tornado querida no mercado fonográfico cristão.

O primeiro CD pela MK Music “Do jeito de Deus”, abriram muitas portas para as cantoras, bem como gerou um amadurecimento artístico e musical que foi expresso neste novo álbum pela mesma gravadora, Romper meus Limites. Um projeto autoral, com 10 faixas, elas como excelentes compositoras fizeram um repertorio bem diversificado dentro da proposta a que se propuseram. Foram mais pro lado pentecostal pop do que o sertanejo universitário do álbum anterior, que era uma vontade da gravadora, graças a Deus voltaram atrás com essa ideia em cima da dupla. E a produção musical ficou por conta de Tuca Nascimento.

A faixa 1 é a canção que dá nome ao projeto Romper meus Limites vem com uma numa proposta prá frente com duo de guitarras e a levada é pop pentecostal, a música mesmo levando o nome do projeto não chama muito a atenção como as próximas faixas, uma declamação no meio da faixa dá uma quebra e dá uma intenção de ministração. A ponte dá um gás na música, vocalmente vemos que o produtor Tuca Nascimento não usou o que o produtor anterior fez, com trios, que achei totalmente desnecessário no CD. Aqui a dupla está mais em evidência e é isso que chama a atenção.

Dependente faixa 2 é o single que substituiu a faixa Acredita não sei porque a gravadora fez a troca, porém achei que foi a melhor coisa que fizeram com a dupla. A faixa lembra alguns outros lances pop pentecostal já lançados no mercado, ela é mais agitada, soa radiofônica vem com bastante violão e chama bem, porém é uma música que não refletia o projeto todo. “Sinta as barreiras caindo, muralhas ruindo, gigantes ao chão, veja o mar se abrindo, Faraó fugindo, Não resiste não isso é pra que acredita que Deus faz milagres através da fé”. E o single de fato lançado tem um coro mais intimista e a canção é um pentecostal mais na manha “Sou o vaso, és o oleiro eu não mando em mim mesmo, me refaça se preciso for, estou em Tuas mãos Senhor, sou o vaso és o oleiro, me preencha por inteiro, um eternamente dependente de Ti, Senhor”. Musicalmente a faixa ganha da anterior escolhida. A ideia de ambas são diferentes, são lindas na mesma proporção, mas esta carrega um sentimento a mais. Assista ao clipe de Dependente.


Incondicional é uma das minhas preferidas, conta com uma intro de piano e a levada vem com marcação bem suave de violão e o piano levando a canção. A estrofe vem mais suave e o coro ganha um pouco de peso, mas é uma faixa mais tranquila. O que me chama a atenção é a letra da faixa e a sensibilidade com que Gislaine e Mylena interpretam a música. “o amor que não questiona, e cada vez mais ama, e sempre tem razão, não cobra perfeição de mim”. Pode Tocar é um arrocha universitário que a dupla ainda inseriu no projeto, pra não ficar só com músicas mais lentas, a propósito são muito boas para construírem canções nesta vibe. Igrejinha será um clássico, com acordeon, uma melodia mais vintage, as irmãs das antigas e os irmãos irão curtir muito esta faixa especialmente para nos fazer lembrar daquela igrejinha, daqueles louvores que se eternizaram. É uma excelente faixa pra finalizar o projeto.

Ouça o preview que a MK Music liberou deste projeto.


 

giemy5Selo: MK Music
COMPRAR CD

Playlist: Romper meus limites | Dependente | Tudo novo | Acredita | Incondicional | Meu filho | Pode tocar | Acalma-me | Espera | Igrejinha

Gislaine e Mylena são conhecidas não só como dupla de cantoras, mas principalmente pelas inúmeras composições que se tornam sucesso na voz de vários intérpretes em todo o território nacional e internacional, sim internacional, alguns cantores brasileiros que residem em outros países já tiveram o privilégio de ter uma composição desta dupla que tem se tornado querida no mercado fonográfico cristão. O primeiro CD pela MK Music "Do jeito de Deus", abriram muitas portas para as cantoras, bem como gerou um amadurecimento artístico e musical que foi expresso neste novo álbum pela mesma gravadora, Romper meus Limites. Um projeto autoral, com 10 faixas, elas como excelentes compositoras fizeram um repertorio bem diversificado dentro da proposta a que se propuseram. Foram mais pro lado pentecostal pop do que o sertanejo universitário do álbum anterior, que era uma vontade da gravadora, graças a Deus voltaram atrás com essa ideia em cima da dupla. E a produção musical ficou por conta de Tuca Nascimento. A faixa 1 é a canção que dá nome ao projeto Romper meus Limites vem com uma numa proposta prá frente com duo de guitarras e a levada é pop pentecostal, a música mesmo levando o nome do projeto não chama muito a atenção como as próximas faixas, uma declamação no meio da faixa dá uma quebra e dá uma intenção de ministração. A ponte dá um gás na música, vocalmente vemos que o produtor Tuca Nascimento não usou o que o produtor anterior fez, com trios, que achei totalmente desnecessário no CD. Aqui a dupla está mais em evidência e é isso que chama a atenção. Dependente faixa 2 é o single que substituiu a faixa Acredita não sei porque a gravadora fez a troca, porém achei que foi a melhor coisa que fizeram com a dupla. A faixa lembra alguns outros lances pop pentecostal já lançados no mercado, ela é mais agitada, soa radiofônica vem com bastante violão e chama bem, porém é uma música que não refletia o projeto todo. "Sinta as barreiras caindo, muralhas ruindo, gigantes ao chão, veja o mar se abrindo, Faraó fugindo, Não resiste não isso é pra que acredita que Deus faz milagres através da fé". E o single de fato lançado tem um coro mais intimista e a canção é um pentecostal mais na manha "Sou o vaso, és o oleiro eu não mando em mim mesmo, me refaça se preciso for, estou em Tuas mãos Senhor, sou o vaso és o oleiro, me preencha por inteiro, um eternamente dependente de Ti, Senhor". Musicalmente a faixa ganha da anterior escolhida. A ideia de ambas são diferentes, são lindas na mesma proporção, mas esta carrega um sentimento a mais. Assista ao clipe de Dependente. Incondicional é uma das minhas preferidas, conta com uma intro de piano e a levada vem com marcação bem suave de violão e o piano levando a canção. A estrofe vem mais suave e o coro ganha um pouco de peso, mas é uma faixa mais tranquila.…

CD: Romper meus Limites - Gislaine e Mylena

Total - 6.5

6.5

Geral

User Rating: Be the first one !
7
ANÁLISE: CD Romper meus Limites - Gislaine e Mylena
3.3Pontuação geral
Votação do leitor 1 Voto