Login form protected by Login LockDown.


Planetshakers é uma igreja preocupada em trazer uma sonoridade moderna atual e diferente e cresce como um fenômeno. Seu público alvo é evidente que são os jovens, podemos ver isso ainda mais em seu mais novo álbum Limitless gravado ao vivo, Limitless no português algo como Sem limites traz um álbum com 13 faixas. Há uma energia contagiante inegável em todas as faixas e como tem ganhado os jovens do mundo todo aqui no Brasil também não será diferente, e por aqui a CanZion do Brasil é responsável por apresentar o projeto aos brasileiros bem como inserir o desejo das pessoas por consumir. E o álbum chegou com defasagem de alguns meses, já que o projeto foi lançado mundialmente em Janeiro de 2013.

O que gosto do Planetshakers é que ao longo dos anos mesmo no anonimato na cola de um ministério mais conhecido que eles em todo o mundo que é o Hillsong, conseguiram em todos os seus álbuns se adiantarem na sonoridade com a música congregacional, e este último projeto só firma isto e este novo acabou ganhando o mundo todo. O projeto conta com os membros Joth Hunt (líder fundador e produtor), Sam Evans (co-fundador, líder de louvor), Chelsi Nikkerud (vocal), BJ Pridham (violão, teclados), Liz Webber (vocal) e Mike Webber (diretor criativo, baterista).

Let Praise Awaken – Vamos despertar o louvor é a faixa que abre o projeto com um techno pop moderno que captou a essência de algumas canções que fazem sucesso no mercado fonográfico mundial. “Todos os dias da minha vida eu te louvarei…” é a primeira frase da faixa, simples porém cativante, não importa o quanto você não queira gostar da faixa pop, há uma sonoridade nova e muito bem elaborada para a música congregacional. E claro para aqueles acostumados ao som de Planetshakers sabe que suas melhores performances são em suas composições agitadas e possuem grande apelo para as rádios e são fáceis de assimilação. This is the day – Este é o dia. É contagiante do início ao fim, a faixa nos traz alegria envolve é vibrante. A ponte então com aquele violão ahhh que vontade de pular e celebrar a Deus. Merece mais que um destaque no projeto. Musicalmente é uma faixa incrível a levada do violão é de excelente bom gosto. E finaliza com Rise Up – Chegando ao Topo, que nos mostra o significado deste projeto. Sua primeira palavra é “Leva-nos a outro nível”, é uma descrição sublime. Um rock eletrônico muito massa, espero que venha com força no novo projeto.

Para os líderes de louvor por aqui vão vibrar com canções baladas como The Anthem – O Hino que já tem versão oficial por aqui e interpretada pela cantora pop Aline Barros e tem tudo pra ganhar o Brasil todo, já que no restante do mundo ela já se tornou hino oficial nos cultos e podemos conferir versões desta música em diversos idiomas e em diversos estilos, na letra “aleluia, Você conquistou a vitória da cruz. Aleluia, Você ganhou tudo para mim, a morte não pôde te segurar, Tu és o Rei ressuscitado, com majestade sobre Ti, Tu és o Rei ressuscitado…” Great is Your love seria Grande é o seu amor por aqui tem um ar mais reflexivo e oferece um equilíbrio sonoro após algumas faixas agitadas do projeto. Grandiosa demais. Há mais deles na segunda metade do álbum. O My Heart Sings – O meu coração canta é uma linda canção de adoração presente no projeto. Um solo de guitarra ao longo da faixa, a condução dela mesmo sendo algo para aqueles momentos de adoração aqui consegue trazer um som vibrante mesmo quando a ideia é mais calma. São nove minutos e meio em agradecimento a Deus por tudo. A canção é um lembrete para darmos graças em todas as circunstâncias, porque essa é a vontade de Deus para nós (1 Tessalonicenses 5:16-18 ).

E finalizamos com a agressiva e poderosa Limitless – Sem Limites que carrega o nome do projeto, é a faixa 3 e a que mais se destaca, com muitas guitarras e efeitos, o arranjo é explosivo, não soa tão congregacional assim tem a sua agitação e a ideia da música é explorar que não há limites quando estamos com o Senhor, trechos como “Eu estou dizendo adeus a todos os meus limites, estou dizendo oi para o Deus de toda a criação…” é profundo demais. Um rap finaliza a faixa e termina épico bem ao estilo Linkin Park.

O líder da igreja Russel Evans descreve esse álbum como “uma proclamação de que você pode viver uma vida que não tem limites, porque Jesus vive em você”. E lançaram em versão clipe com muito bom gosto.

Planetshakers consegue fazer um álbum acessível e atraente para os jovens, cheia de canções cativantes glorificando a Cristo, o nosso Salvador. A música é seguro e cativante, e muitas vezes musicalmente gratificante. É uma oferta musical agradavelmente surpreendente. Podemos dizer que este é um projeto que no faz sair da caixa “congregacional” que estamos acostumados a ouvir e entramos em um novo mundo desconhecido na música cristã. Trouxeram o que há de melhor no pop mundial e fizeram um som incrível para Deus.


planetshakerslimitlessSelo: CanZion Brasil
COMPRAR CD

Playlist: Let Praise Awaken | Put Your Hands Up | Limitless | Your Name Brings Healing To Me | Great Is Your Love | This One Thing | The Anthem | This Is The Day | I’m Gonna Praise | O My Heart Sings | Rain | You Are Stronger | Rise Up

Planetshakers é uma igreja preocupada em trazer uma sonoridade moderna atual e diferente e cresce como um fenômeno. Seu público alvo é evidente que são os jovens, podemos ver isso ainda mais em seu mais novo álbum Limitless gravado ao vivo, Limitless no português algo como Sem limites traz um álbum com 13 faixas. Há uma energia contagiante inegável em todas as faixas e como tem ganhado os jovens do mundo todo aqui no Brasil também não será diferente, e por aqui a CanZion do Brasil é responsável por apresentar o projeto aos brasileiros bem como inserir o desejo das pessoas por consumir. E o álbum chegou com defasagem de alguns meses, já que o projeto foi lançado mundialmente em Janeiro de 2013. O que gosto do Planetshakers é que ao longo dos anos mesmo no anonimato na cola de um ministério mais conhecido que eles em todo o mundo que é o Hillsong, conseguiram em todos os seus álbuns se adiantarem na sonoridade com a música congregacional, e este último projeto só firma isto e este novo acabou ganhando o mundo todo. O projeto conta com os membros Joth Hunt (líder fundador e produtor), Sam Evans (co-fundador, líder de louvor), Chelsi Nikkerud (vocal), BJ Pridham (violão, teclados), Liz Webber (vocal) e Mike Webber (diretor criativo, baterista). Let Praise Awaken - Vamos despertar o louvor é a faixa que abre o projeto com um techno pop moderno que captou a essência de algumas canções que fazem sucesso no mercado fonográfico mundial. "Todos os dias da minha vida eu te louvarei..." é a primeira frase da faixa, simples porém cativante, não importa o quanto você não queira gostar da faixa pop, há uma sonoridade nova e muito bem elaborada para a música congregacional. E claro para aqueles acostumados ao som de Planetshakers sabe que suas melhores performances são em suas composições agitadas e possuem grande apelo para as rádios e são fáceis de assimilação. This is the day - Este é o dia. É contagiante do início ao fim, a faixa nos traz alegria envolve é vibrante. A ponte então com aquele violão ahhh que vontade de pular e celebrar a Deus. Merece mais que um destaque no projeto. Musicalmente é uma faixa incrível a levada do violão é de excelente bom gosto. E finaliza com Rise Up - Chegando ao Topo, que nos mostra o significado deste projeto. Sua primeira palavra é "Leva-nos a outro nível", é uma descrição sublime. Um rock eletrônico muito massa, espero que venha com força no novo projeto. Para os líderes de louvor por aqui vão vibrar com canções baladas como The Anthem - O Hino que já tem versão oficial por aqui e interpretada pela cantora pop Aline Barros e tem tudo pra ganhar o Brasil todo, já que no restante do mundo ela já se tornou hino oficial nos cultos e podemos conferir versões desta música em diversos idiomas e em diversos estilos, na letra "aleluia, Você conquistou a vitória da cruz. Aleluia, Você ganhou…

CD Limitless - Planetshakers

Total - 10

10

Geral

User Rating: Be the first one !
10