Login form protected by Login LockDown.


mattredman1Matt Redman é ganhador de prêmios como Grammy e Dove Awards vencendo como cantor cristão e melhor compositor da Inglaterra, e se tornou um dos líderes de louvor mais conhecidos em todo o mundo.

Já escreveu algumas das canções de adoração mais apreciadas das últimas duas décadas, no Brasil conhecemos algumas delas “Dancing Generation” (Geração que Dança) e “Nothing But The Blood” (Nada Além da Sangue) gravadas por Fernandinho e o Livres para Adorar, Chris Durán e Eyshila gravaram a canção “You Never Let Go” (Nunca Me Deixou). E no ano de 2012 a sua canção “10.000 Reasons” se tornou uma das mais cantadas pelas igrejas que tem o inglês como língua nativa. Recentemente o cantor e compositor lançou seu mais novo álbum “Your Grace Finds Me” algo como “Tua graça me Alcança”, aqui no Brasil o álbum é distribuído pela CanZion do Brasil.

Desde já gostaríamos de agradecer ao Matt Redman por nos conceder um pouco de tempo para falar com a BreatheCast.

MATT LLOYD: Qual a sensação de lançar seu novo álbum “Your Grace Finds Me”?

MATT REDMAN: É sempre uma alegria finalizar um projeto e lançá-lo às pessoas. Estou trabalhando em um lançamento por ano, o que faz com que o lançamento deste CD seja liberado em um bom momento, quando começo a ver as músicas se conectarem às pessoas.

MATT LLOYD: Este projeto foi diferente de seus álbuns anteriores?

MATT REDMAN: Acredito que neste novo álbum tenho realmente apreciado mais do que os demais, isso aconteceu por conta da dinâmica de compor, gravar e lançar essas músicas, há impressões digitais de tantas outras pessoas em todo esta gravação que, na verdade, são 15 compositores participando, inclusive eu, seis deles estão na faixa na verdade, seis delas estão na canção “Jesus, Only Jesus” “Jesus, Só Jesus.” Realmente gostei mais do que nunca este momento, as amizades e a equipe que Deus colocou na minha vida e mesmo que o meu nome esteja na capa foi um esforço de equipe.

MATT LLOYD: Conte-nos a história por detrás da composição “10.000 Reasons”?

MATT REDMAN: Foi escrita tarde da noite em uma pequena capela no vilarejo em que vivo, no Reino Unido. Tivemos um dia inteiro de composições e esta veio na hora em que estávamos planejando parar e descansar. Aí meu amigo Jonas me mostrou uma ideia de refrão, e assim foi nos inspirando, é uma das músicas mais rápidas que eu já escrevi. Parecia um belo momento de adoração, e tem sido tão animador vê-la se tornando o que se tornou nos dias atuais, para tantas outras pessoas ao longo destes últimos dois anos, ela é realmente apenas a mais simples das canções, sem ponte, sem pré-coro. Mas de alguma forma ela se conecta com as pessoas em ajudá-las a manifestarem sua adoração, e eu sou tão grato a Deus por isso.

MATT LLOYD: Que conselho você daria aos que trabalham com composição por este mundo afora?

MATT REDMAN: A colaboração. Encontrar alguns compositores que sejam honestos com suas ideias, e com quem você pode fazer o mesmo. Há uma dinâmica fantástica que acontece nesses momentos, você consegue pegar o melhor de cada um.

MATT LLOYD: Se você pudesse colaborar com um artista secular e um artista cristã, quem você escolheria?

MATT REDMAN: Pergunta difícil! Ryan Tedder é um compositor muito inteligente e prolífico, gosto da maneira como ele escreve suas músicas em diversos estilos e gêneros de música, então talvez uma pessoa sábia e cristã como ele. Eu já cheguei a compor canções com muitos de meus heróis, e alguns dos meus amigos são líderes de louvor e compositores que mais admiro. Então acho que teria de ser alguém que não esteja mais entre nós, como os compositores de hinos como Charles Wesley ou Fanny Crosby.

MATT LLOYD: A música que chamamos de worship foi tão longe através do Passion e do Hillsong United agora em turnê por todo o mundo. O processo criativo para o culto continua melhorando e crescendo, quais são seus pensamentos sobre isso?

MATT REDMAN: Uma coisa que eu amo é toda a polinização que acontece dentro da igreja. Assim, por exemplo, Passion e Hillsong tem desenvolvido este relacionamento. E mesmo pra mim neste novo álbum, existem alguns compositores da equipe Passion e alguns são compositores do time da Hillsong. Amo estas conexões. Acredito que é verdade em um nível muito mais amplo do que isso, porém também tenho notado como a worship music tem o poder unificador. Penso que quando olhamos juntamente para Cristo, o nosso foco é outro queremos outras coisas e a nossa diferença nos une.

MATT LLOYD: Você tem um texto bíblico atual que está realmente falando com você agora?

MATT REDMAN: Salmo 145:9 onde diz que “O Senhor é bom para todos, Ele se compadece de tudo quanto Ele tem feito”. Esse versículo foi uma das inspirações para Your Grace Finds Me, canção título do novo álbum. Todos conseguem provar a bondade e a graça de Deus até certo ponto em suas vidas, tem os que reconhecem e aceitam e tem aqueles que não.

MATT LLOYD: E os seus planos para a turnê de Outono/ 2013?

MATT REDMAN: Pra quem não sabe estou em turnê com Martin Smith (ex-Delirious?) por toda a Europa, passamos e passaremos por países como Croácia, Eslováquia, Hungria, Holanda, França, Alemanha e República Checa, e alguns eventos em Londres que já tenho reservado em minha agenda.

O CasaGospel retirou a entrevista do site breathecast.com, acreditamos que conseguimos extrair  a mensagem que o cantor passou para o portal. Interessante saber um pouco mais do que acontece com estes cantores que são mundialmente conhecidos. A propósito, a Canzion distribuiu seu último trabalho aqui no Brasil.