Login form protected by Login LockDown.


Estar em uma grande gravadora foi, por muito tempo, o grande sonho de qualquer banda que começava a tocar seus primeiros acordes em uma garagem, isso falando de mercado secular.

Hoje em dia, lançamentos e gravadoras independentes têm mostrado diversos casos de sucesso, mas ainda assim as grandes gravadoras têm um dos papeis mais importantes na indústria da música.

De acordo com o estudo liberado pela organização IFPI, organização ligada às grandes gravadoras, os custos para promover uma banda depois de sua contratação não são baixos, a divisão dos gastos iniciais para promover uma banda começariam em 500 mil dólares, chegando a casos de até 2 milhões, veja abaixo um demonstrativo:

materia_investimentoemartistas

Mais de 7.500 artistas foram contratados por grandes gravadoras em 2013, muitos outros assinaram contratos com selos independentes. Um em cada cinco artistas listados em gravadoras é uma nova aposta, destacando o papel de novos talentos como a força vital da indústria. Com dados e vários estudos de casos recentes, o relatório descreve a evolução duradoura e a parceria entre gravadoras e artistas no meio digital.

Alison Wenham, presidente da WIN, diz: “A maioria dos artistas que desejam fazer carreira musical, ainda procuram um contrato de gravação, eles querem trabalhar com os melhores produtores, engenheiros de som e músicos que estejam inseridos no mercado. Eles precisam de apoio financeiro e ajuda profissional para desenvolver campanhas de marketing e de promoção”.

Se esses números realmente representarem os investimentos médios feitos por grandes gravadoras em um novo artista, é possível entender muita coisa que cerca o mercado da música. Claro que todo este estudo não se aplica muito ao mercado fonográfico cristão, tanto internacional e local, o local então não caberia neste estudo mesmo, é outra realidade.

O relatório apresenta dados de gravadoras e estudos de caso de todo o mundo, incluindo estudos sobre Ed Sheeran, 5 Seconds of Summer, Lorde, MKTO, Negramaro, Nico & Vinz, Pharrell Williams e Wei Li-An.

Acesse o site do Instituto.