Login form protected by Login LockDown.


Gui Rebustini e Marcos Nunes assinam com Som Livre

A Som Livre não está pra brincadeira neste ano de 2014, uma reestruturação vem marcando desde a entrada de Cláudia Fonte, ex-Sony Music, o braço gospel da Som Livre, Você Adora. Ela que de fato fato entende o mercado fonográfico cristão sabe o que fazer e tem agregado e muito a gravadora, que neste ano promete ser o destaque nas mídias. Começaram com Andréa Fontes e a dupla Daniel e Samuel e foi apenas o começo.

Neste mês de copa, Junho/ 2014, que acabou de começar, a gravadora traz para o cast, Gui Rebustini, que estreou como cantor solo na Sony Music, com seu projeto que ganhou as mídias, redes sociais, eventos, shows pelo Brasil, mas em questão de público ainda não sentimos isso nas igrejas, ainda é desconhecido, seu trabalho de marketing junto aos formadores de opinião foi bem forte, AQUI você consegue ler a análise do seu álbum de estreia.

guirebustinisomlivreGui Rebustini vem com uma sonoridade podemos assim dizer, importada, suas influências são 100% de artistas consagrados lá fora como Chris Tomlin e Matt Redman. Ele é cantor e compositor e vem estabelecendo seu nome e ganhando espaço no tão disputado mercado restrito do pop/ rock contemporâneo, onde temos dos representantes do estilo musical, PG e Joe Vasconcelos.

No dia da assinatura do contrato, Gui chegou com seu novo projeto de inéditas pronto, “Além do Horizonte”, álbum produzido novamente por Ruben di Souza, a dupla gravou no Brasil e nos EUA, na oportunidade a diretora e funcionários da gravadora ouviram as faixas que estarão no projeto.

Confira o vídeo da assinatura com o cantor Gui Rebustini.

marcosnunes1Outro nome, só que do sertanejo universitário, que integra o cast da gravadora, é o desconhecido pelo menos no Sudeste, o cantor baiano Marcos Nunes, após caminhar 10 anos independente, consegue esse feito e entrar na Som Livre. Ele relançará o CD “Na Moral”, lançado por ele no segundo semestre de 2013.

Procurei por notícias/ matérias e entrevistas e foram poucas que encontrei na internet, isso mostra que a gravadora irá investir nesse estilo um pouco mais, mesmo tendo em seu cast o cantor sertanejo Jonas Vilar. Se no secular há sempre lugar para mais um sertanejo, porque no gospel também não?

Assista a música que leva o nome do projeto.