Login form protected by Login LockDown.


elainedejesus_saladotronoO CD foi lançado em 2006, pela Cristo Vencedor, o 6° da carreira e marcou uma mudança mais além do normal, na verdade proporções épicas e que veio interferir diretamente na carreira da cantora e consequentemente nas vendas. O álbum não agradou na época seus fãs, pelo contrário, a necessidade artística que Elaine de Jesus sentiu em inovar após lançar dois CDs de sucesso estrondoso Até o Fim e Pérola, pra não soar mais do mesmo foi recebido negativamente.

Tive a oportunidade de acompanhar de perto desde a montagem do repertório até a masterização do mesmo, foi um projeto ousado e Elaine de Jesus sem sombra de dúvidas estava à frente de todos os artistas do meio pentecostal, se antecipou inovando e para muitos soou desnecessário, mas aos olhos de quem admira pioneirismo e criatividade abraçou todas as mudanças que a cantora imprimiu no CD.

Foi um CD ousado, e lançado fora do tempo? Com toda a certeza, mesmo há 8 anos atrás ele soa atual em pleno 2014, que repertório incrível a cantora entregou. Na época pode não ter sido positivo para a cantora deixar de vender 400 mil cópias, mas com certeza olhando hoje, ela pode se orgulhar de ter gravado este projeto tão atual tão “fora do tempo”.

Para os críticos de música na época ela agradou com sua ousadia e pioneirismo, para seus fãs ela mexeu muito no que estava dando certo. E pensando bem… este pra mim foi o melhor CD conceitual pentecostal com pop que eu já ouvi até a data desta matéria.

A primeira mudança anunciada por Elaine foi que deixaria de trabalhar com o maestro Jairinho Manhães e passaria então a trabalhar com Rogério Vieira, em alta por produzir dois projetos que na época concorreram ao Grammy Latino (Aline Barros – Som de Adoradores, Eyshila – Terremoto). E a concentração dos compositores na maioria das faixas de Elizeu Gomes e Moisés Cleyton, uma da dupla Marcelo Dias e Fabiana, Nilton Cesar e uma em parceria com Rogério Jr. E duas versões estão no projeto.

Partindo da mudança crucial que foi o produtor musical, as demais inovações perceptíveis no álbum são: A utilização de melodias menores acima do normal para o estilo. Escalas não naturais. Aquelas paradas na música a là Jairinho principalmente nos coros foram deixadas de lado, e notas de ataque que fogem da escala passaram a ser evidência. Para as bandas que gostam de acompanhar as mocidades, terão de ensaiar mais desta vez, visto que está mais difícil pra tocar, músico gosta muito disso. Mais guitarras com driver e o piano que é uma característica de Rogério. A mixagem vem na cabeça, os instrumentos estão mais em evidência junto com a voz solo. A sonoridade vem na mesma linha de álbuns internacionais. As músicas que são corriqueiras em CDs pentecostais aqui são mais pra frente. Aquela orquestra que sempre foi utilizada em seus CDs dá lugar aos pianos, violões, synths, pads, efeitos e loops.

Se você artista que pretende gravar um álbum pop pentecostal e seguir uma linha conceitual, #ficaadica ouvir este CD “Sala do Trono” de Elaine de Jesus. Faixas como: Há uma Esperança, Sala do Trono, Face a Face, Profetas de Deus, Deixa soprar o vento teriam muito mais alcance nos dias atuais do que este emaranhado de coisas repetitivas que ouvimos em 2014, um dos piores anos em lançamentos nacionais.

O álbum aparentemente não caiu no esquecimento não, a Som Livre incluiu a música Autoridade Divina em sua coletânea e a Aliança Produção e Distribuição assumiu a distribuição do álbum, foram felizes em distribuir, porém não tão espertos na divulgação que ficou tímida, a dica é incluir o projeto nas plataformas digitais, acredito que o CD tem muito ainda a oferecer para o público que acompanha a música pentecostal.

A música Autoridade Divina ganhou clipe anos após o lançamento do projeto.

Aproveite para lembrar da playlist do projeto

1. Sala do Trono (Elizeu Gomes)
2. Deixa Soprar o Vento (Elizeu Gomes)
3. Insaciável Adoração (Elizeu Gomes)
4. Ressuscitou (Clint Brown/ Versão: Sandra Scaff)
5. Terremoto de Glória (Moisés Cleyton)
6. Deixa o Véu Descer (Glanz Keith Dubley e Stone Perry F Jr./ Versão: Sandra Scaff)
7. Há Uma Esperança (Elizeu Gomes)
8. Ouvi Dizer (Elizeu Gomes)
9. Ele Chegou (Moisés Cleyton)
10. Autoridade Divina (Moisés Cleyton)
11. Profetas de Deus (Marcelo Dias e Fabiana)
12. Face a Face (Rogério Jr. e Elaine de Jesus)
13. Vai Abalar (Nilton Cesar)
14. Inundação de Glória (Elizeu Gomes)