Login form protected by Login LockDown.


O novo álbum saiu da banda saiu em Julho/ 2014, encontramos esta entrevista muito interessante sobre o novo projeto Cathedrals, Tenth Avenue North com seu representante Mike Donehey deu uma super entrevista via telefone com o correspondente do JFH Alex Caldwell para falar sobre o álbum e o conceito por trás e seu primeiro single “No Man Is An Island” algo como Nenhum homem é uma ilha

JFH (Alex Caldwell): Oi Mike. De onde você está falando?

Mike Donehey: Humm (uma pequena pausa) onde estou hoje? Baltimore.

 

JFH (Alex): Durante a turnê “Move” da banda Third Day em Lowell, Massachusetts você foi para o meio do público do antigo teatro em que estávamos, então você veio para a platéia e “escalou” na parte de trás da cadeira que eu estava e cantou. Alguma vez você caiu ou se machucado fazendo esse tipo de coisa?

Mike: Não, felizmente. Eu caí da cadeira algumas vezes, mas nada muito sério. Eu tento ficar “no chão” na maioria das vezes.

tenthavenuenorth_divulgacao

JFH (Alex): Você já viu Jon Foreman do Switchfoot subir em torno de andaimes durante um show? Eu o vi subir em um show neste verão, e eu pude ver os grandes caras de segurança e promotores visivelmente suando enquanto tentavam convencê-lo a descer. Vocês devem ter um “um pensamento pra ver quem consegue fazer o coisa mais louca no palco, pra expressar essa adrenalina no palco”.

Mike: De jeito nenhum! Foreman é louco, ele se deixa levar pelas alturas. Eu não fui levado por este pensamento, não fui feito para correr esse tipo de risco. Eu gosto mais de me manter mais perto do chão.

 

JFH (Alex): Tenho ouvido “No Man Is An Island” desde o verão, e a letra mexe comigo é vem sob medida e é tão atual no nosso dia a dia, que me bate essa ideia no nosso cotidiano, como foi fazer esta canção sob medida para o mundo atual?

Mike: É exatamente isso. Quando você pode comparar o seu mundo com as mídias sociais onde você permiti que algumas pessoas entrem e que outras vocês vai bloqueá-las, então você pode realmente ter uma visão distorcida de outras pessoas, e sua necessidade. Se a nossa cultura capitalista diz que “é tudo sobre você várias vezes, em seguida, torna-se fácil de acreditar. Isso é particularmente difícil quando você vem para a Igreja. Fomos chamados a ser vida um na vida do outro, para ser Igreja.

 

JFH (Alex): Essa é a ideia por trás do novo álbum “Cathedrals” certo?

Mike: Certo! Você não é especial ou único por causa de suas realizações, como grande ou nobre quanto poderiam ser. Um crente é especial porque é um vaso para o Espírito Santo habitar. É tão fácil rugir contra a cultura. É o que nos foi ensinado por tanto tempo em muitos dos nossos círculos. Mas e se fosse diferente de uma forma que foi realmente contra-cultural? E se nos víamos como vasos do espírito de Deus e não apenas como objetos no caminho daquilo que queremos.

 

JFH (Alex): Você tem filhos certo? Não ter filhos é uma coisa interessante em relação a ter vida “à sua maneira”, adaptado para exatamente o que você quer que ele seja?

Mike: Sim! Eu digo às pessoas todo o tempo que as crianças são uma coisa chamada ‘aliança’, que você os ama, porque você decidiu e, a princípio é uma coisa de uma maneira. Eles levam pra si aquilo que você dá. É como o amor de Deus por nós.

 

JFH (Alex): Larry David, criador do seriado Seinfeld, disse certa vez em um artigo da Rolling Stone que as crianças eram uma coisa interessante, porque ele não podia dar-lhes de volta, ele não podia fugir e não ser seu pai. Foi a primeira relação que ele tinha de que ele não poderia simplesmente quebrar. Eles estavam serão seus filhos, não importa o que eles fizerem. E realmente tocou a sua mente.

Mike: Isso é interessante. Sim, eles fazem parte de sua vida.

 

JFH (Alex): E nós queremos protegê-los, por isso é natural tentar protegê-los através de uma cultura de “te protejo” no que vão ouvir de músicas e os filmes que irão assistir. Mas será que isso minimiza a ideia de ‘Cathedrals’ um pouco? Não teria que matar alguns do “nós contra eles” pensando que é tão difundida na cultura da igreja, se nós confiamos no Espírito dentro de nós para nós e nossos filhos guiados por esta vida, em vez de incutir medo em nossas crianças de grupos de jovens sobre como evitar ficar ‘enredado’ com o mundo?

Mike: Oh homem! Você viu o vídeo que fizemos um tempo atrás chamado de “The Chair” (abaixo você assiste sem legenda)? É tudo sobre isso. E se nós servimos o perdido, nos tornarmos ‘menor’ e ‘disponível’. Isso ajudaria a resolver o “nós e eles” que ensinamos aos nossos grupos de jovens e crianças por tanto tempo agora. Nós nos esquecemos que estamos supostamente ‘servindo’ com toda a humanidade como Cristo o fez. Ele passou em todos os lugares que haviam pessoas. É bom usar a sabedoria que você tem, principalmente na adolescência, e para ensinar nossos filhos a serem sábios. Mas nunca podemos esquecer que somos chamados para servir, para estar onde as pessoas estão.

JFH (Alex): Amém. Eu realmente gostei de “We Won’t Numb The Pain/ Fire” (algo como “Não vamos paralisar a dor/ fogo”); Eu não ouvi tantas músicas assumirem a nossa forma de ‘check out’ na vida apesar de entretenimento ou de consumo na mídia, a nossa forma de atenuar a dor por distração.

Mike: Sim, é um problema real – a nossa maneira de submergir-nos na vida on-line, em resposta ao mundo difícil em que vivemos, estou bem ciente que eu estou na indústria do entretenimento, mas “desligando-se” da vida é um problema real.

 

JFH (Alex): Será que esse pensamento sobre a individualidade VS comunidade, este tema do álbum vem de algo que você percebeu por assistir ou ler alguma coisa? Houve um momento “woww”?

Mike: Bem, veio principalmente de conversas que tive recentemente com vários líderes de igreja que eu tenho interagido nos últimos anos. Sempre voltamos ao mesmo tópico, e é geralmente a forma como eu começo a escrever.

 

JFH (Alex): Eu vi no vídeo promocional do novo álbum que vocês citaram títulos dos álbuns já lançados sobre um tema de que vocês querem falar sobre o seu álbum e turnê atual. Fiquei chocado com o quão bom os temas dos álbuns que você fizeram juntos para construir um grande tema, por assim dizer. Isso é intencionalmente planejado?

Mike: Não, mas se estamos a ouvir o Espírito e um grande tema emerge ao longo do tempo, então louvamos a Deus.

tenthavenuenorth_cathedrals

JFH (Alex): Você mencionou “cultura capitalista”, como às vezes um impedimento para viver autenticamente a Deus. É estar em uma indústria que incentiva a auto-promoção, vendas e imagem uma coisa difícil?

Mike: “Oh yeah”. Isto você pode estar em um campo minado. Mas é o contexto em que nos encontramos, então nós decidimos trabalhar dentro dela. Eu vou dizer que eu acredito em empreendedorismo. Há algo honroso de criar algo a partir do zero, algo honroso sobre o trabalho duro e perseverança. É um equilíbrio complicado, isso é certo.

 

JFH (Alex): Muito bem dito.

Mike: Obrigado cara. Ei, eu acho que estou no meu tempo. Eu tenho outra chamada na espera, tenho que atender.

 

JFH (Alex): Deus abençoe Mike, aproveite Baltimore.

Mike: * risos * vlw man Thanks!

Ouça e assista o lyric vídeo da faixa que leva o nome do projeto, Cathedrals.

O último álbum de Tenth Avenue North, Cathedrals já está disponível onde quer que a música é vendida! Adquira aqui via iTunes.

Fonte: jesusfreakhideout.com